Bem vindos ao blogue dedicado ao concelho de Alfândega da Fé, quem quiser contribuir com fotos e informações façam para o mail: sandramcrocha@sapo.pt

Direitos de Autor
Nenhuma fotografia deste site pode ser reproduzida sem a prévia permissão do autor. Todas as fotografias estão protegidas pelo Decreto-Lei n.º 63/85, de 14 de Março.
Quando as fotos não são da minha autoria, estão autorizadas pelo seu dono e é colocado o nome.
Uma vez que parte das fotografias foram feitas em locais públicos mas sem autorização dos intervenientes, se por qualquer motivo não desejarem que sejam divulgadas neste blog entrem em contacto comigo e serão retiradas de imediato.

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Tudo em aberto para a segunda mão da Taça da Associação de Futebol de Bragança


Este domingo joga-se a segunda mão dos quartos-de-final da Taça da Associação de Futebol de Bragança.
O Rebordelo viaja até ao campo do Alfandeguense.
A primeira mão ditou um empate a zero bolas.
Apesar das dificuldades esperadas o técnico do Rebordelo, Carlos Garcia, espera fazer um resultado positivo em Alfândega da Fé.
Carlos Garcia refere ainda a qualidade dos atletas do Alfandeguense.

2ª Mão da Taça da AFB 1 
“Nós para o campeonato fomos jogar a Alfândega, trouxemos de lá um bom resultado, salvo erro foi 4/1, depois fomos lá jogar para a Taça, ficou 0/0. Penso que o Alfândega tem uma equipa que não tem nada a ver com a classificação. Perante os jogadores que dispõe e o treinador, sendo das equipas desta distrital com melhores condições para trabalhar, penso que mereciam estar mais bem classificados. Vai ser um jogo difícil porque eles têm um leque de jogadores bastante bons, tem 4 ou 5 jogadores que podem decidir o jogo, o caso do Carvalhinho, do Tó Mané, do Mané Tó, de um rapaz que joga no meio muito bom, eu no último jogo fui-lhe dar os parabéns pelo jogo que fez. 


Ver noticia completa aqui 

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Lagar de azeite da Cooperativa de Alfândega com boa campanha

O lagar de azeite é o coração da Cooperativa de Alfândega da Fé. Apesar das dificuldades, o presidente da direcção garante que na última campanha houve mais 30 associados a depositar azeitona e sublinha que a quebra ao nível da produção na cooperativa se situou nos 7 por cento, enquanto na região as perdas em termos de produção oscilaram entre os 30 e os 40 por cento. “A perda ao nível da produção foi inferior à média na região. Apesar de toda a confusão, na última campanha houve um aumento do número de associados que trouxe azeitona ao nosso lagar e isso fez com que a diminuição da quantidade de azeitona que transformámos fosse menor em relação a outros lagares”, explica o responsável.Eduardo Tavares diz mesmo que o azeite é o principal produto comercializado pela Cooperativa. Só no ano passado foram transformados cerca de um milhão e meio de quilos de azeitona.“Apesar do concelho ser conhecido pela produção de cereja, o lagar de azeite representa, actualmente, uma importância muito grande na economia da Cooperativa, representa cerca de 80 por cento do volume de negócios da Cooperativa”, garante Eduardo Tavares.Este ano, a Cooperativa faz 50 anos e há investimentos em curso para valorizar os produtos agrícolas.“Temos vindo a modernizar a cooperativa, com uma nova linha de transformação de azeite, secção de armazenamento com novos depósitos de inox, preservação de edifícios, equipada a sala de embalamento e rotulagem e estamos a reconverter algumas áreas para amendoal moderno. A amêndoa tem sido também uma aposta desta cooperativa”, salienta o responsável.
A Cooperativa Agrícola a apostar em novos investimentos para ajudar a desenvolver a agricultura no concelho de Alfândega da Fé.

Ver noticia aqui

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

Arquivada investigação a cooperativa agrícola de Alfândega da Fé - dirigente

Alfândega da Fé, 19 fev (Lusa) -- O presidente da Cooperativa Agrícola de Alfândega da Fé, no distrito de Bragança, divulgou hoje o arquivamento do processo que levou, há um ano, a buscas da Polícia Judiciária (PJ) naquela organização.
O processo teve origem em três queixas anónimas junto da PJ, da ASAE e do SEPNA (serviço de Ambiente da GNR), que davam conta de alegados desvios de produtos agrícolas, como azeite, e da utilização de mão-de-obra e maquinaria da cooperativa por parte de dirigentes e funcionários.
"Passado um ano, e como era óbvio e esperado por todos, o processo foi arquivado", afirmou à Lusa o presidente da cooperativa, Eduardo Tavares.

Ler mais: http://visao.sapo.pt/arquivada-investigacao-a-cooperativa-agricola-de-alfandega-da-fe-dirigente=f713724#ixzz2LO6awoib

GNR apanhou ladrões

O Comando Territorial da Guarda da GNR informou que os seus militares detiveram na semana passada um homem por furto de um veículo em Freixo Numão e outros dois por furto no interior de residência em Seia. Também houve detenções por posse ilegal de armas, tráfico de droga e caça ilegal.

Na manhã de 15 de Fevereiro, militares Posto Territorial de Freixo de Numão, detiveram um jovem de 21 anos de idade, residente no concelho de Alfândega da Fé, por crime de furto em veículo. A detenção ocorreu na sequência da denúncia do lesado apresentada no Posto da GNR daquela localidade, tendo de imediato os militares da encetaram diligências que culminaram na detenção do suspeito, que tinha na sua posse 479 euros, furtados do interior do veículo. O detido admitiu a autoria do furto e o dinheiro foi entregue ao seu proprietário.

Ver noticia completa aqui

domingo, 17 de fevereiro de 2013

Idosa morre após queda na lareira de sua casa



Uma mulher de 75 anos morreu, este sábado, na sequência de "queimaduras graves" provocadas por uma queda na lareira de sua casa, em Parada, Alfândega da Fé.


Segundo João Cordeiro, comandante dos Bombeiros Voluntários daquela vila do distrito de Bragança, a idosa apresentava 70% do corpo queimado e iria ser transferida de helicóptero para a unidade de queimados do Hospital de Santo António, no Porto, mas, apesar das tentativas de estabilização e reanimação por parte da equipa médica do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), acabou por falecer antes da partida da aeronave.

De acordo com a fonte, o acidente ocorreu pelas 17.00 horas, tendo acorrido ao local cinco homens dos Bombeiros Voluntários de Alfândega da Fé, apoiados por duas viaturas e, posteriormente, pela equipa médica do helicóptero do INEM estacionado em Macedo de Cavaleiros.

Ver noticia aqui

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

Empresas municipais extintas e postos de trabalho em risco


Cinco das dez empresas municipais do distrito de Bragança vão ser extintas e há postos de trabalho em risco.
A Turimontesinho, em Vinhais, e a EDEAF, em Alfândega da Fé, são duas das empresas que fecham as portas.
A lei determina que todas as estruturas municipais que não gerem pelo menos 50 por cento de receitas para cobrirem os seus custos de funcionamento têm que ser extintas até Março.
.../...
Em Alfândega da Fé existem duas empresas municipais. A Alfandegatur, da qual faz parte o Hotel& SPA, cujo processo de venda está dependente do visto do Tribunal de Contas, e a EDEAF, que vai ser extinta. A autarca, Berta Nunes, teme pelo futuro dos 23 trabalhadores desta empresa municipal.
No caso da EDEAF vamos ter que a extinguir, porque de acordo com a lei ela preenche os critérios para ser extinta. Isso vai causar alguns problemas, nomeadamente o que é que vai acontecer às pessoas que estão a trabalhar nesta empresa municipal. Neste momento de acordo com a lei há a possibilidade de passarem para o município uma parte dos trabalhadores, os outros não têm essa possibilidade e não sei ainda neste momento como é que vamos resolver o problema”, afirma Berta Nunes.

Ver noticia completa aqui

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013